segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Semanas de Planejamento Pedagógico I

Todos sabemos que o magistério é uma profissão um tanto quanto apaixonante. O adjetivo serve de muitas maneiras no contexto em que o inserimos. Muitas, pois a profissão é apaixonante por depender de muita paixão de quem escolhe seguí-la e não estamos pensando apenas na má remuneração financeira que grande parte dos professores encara. A paixão está em um território muito além do dinheiro, fronteiriço com as descobertas e experiências que o professor pode (e deve) compartilhar com seus alunos em qualquer nível. Por outro lado, podemos ler este "apaixonante" como uma descrição de todo um processo de elaboração que vai desde a escolha do conteúdo até a maneira como se pode apresentá-lo a uma turma, ou mesmo a um aluno em específico.
Com o caminho delimitado, este blog surge como o acostamento de uma estrada. um lugar no qual podemos estacionar, acertar alguns problemas, voltar para a rota, ou apenas parar para comprar bananas. O Diário de Classe que ora apresento, debaterá, ao longo do ano letivo, soluções, planejamentos e abordagens utilizadas ou imaginadas para transmitir conteúdos programáticos de Literaturas em língua portguesa, Teoria literária, Redação, Língua portuguesa e artes em geral. A intenção, se assim podemos chamar, é promover uma troca de ideias com os leitores sobre tais experiências para, aliadas as opiniões, construirmos um caleidoscópio de opções sobre os temas debatidos. Sobrará espaço para comentários, situações engraçadas, dicas culturais e discussões de leituras, além, é claro, de um toque especial dado por convidados. A ideia inicial é que tenhamos dois posts semanais fixos e algum extra para casos excepcionais. A princípio o Diário de Classe será atualizado todas as segundas e quintas, com aviso prévio em caso de alguma mudança.
Desta maneira, já com o blog apresentado, espero que este diário virtual seja uma ferramenta de aprendizado e diversão, assim como enxergo a sala de aula sempre que entro para mais um dia de trabalho. Por hora, neste planejamento pedagógico, vamos ficando por aqui, mas sempre buscando além do que se vê.