quarta-feira, 30 de março de 2011

Aula 6 - A definição do tema, enfim

Pois bem amigos, após um longo recesso por conta de motivos pessoais o blog retorna às suas publicações semanais com uma ótima notícia: foi definido o tema de trabalho de meu projeto de extensão com os alunos. Para quem já acompanha este diário, sabe que falo do projeto Projeto Palavra Afiada, que começo a desenvolver neste semestre com meus alunos no IFRJ- Campus Volta Redonda. Após o processo de seleção e duas reuniões inicias, muito foi discutido e tiramos o seguinte tema: "De heróis, amores e música: um passeio pela literatura". A ideia inicial era fazer um recorte mais específico, mas os próprios alunos sugeriram trabalhar os tres temas juntos por conta de suas ligações lógicas. Apesar de considerar a empreitada no mínimo pretensiosa em um primeiro momento, fui convencido pelo grupo, através das propostas apresentadas que era possível integrar os tres temas ainda que estivessemos no primeiro momento do projeto. Convencido disso e muito animado com as propostas trazidas por eles, posso adiantar que o trabalha será muito divertido e estremamente criativo. Para deixar um gostinho a mais aos leitores, publico o texto oficial de apresentação deste ciclo de pesquisa. Grande abraço a todos.

De heróis, amores e música: um passeio pela literatura

Quem, na infância, nunca idealizou uma figura humana ou sobre-humana que pudesse resolver seus problemas ou, ao menos, ajudar? Quem nunca se fantasiou ou fantasiou seus filhos com roupas coloridas, capas e máscaras que escondiam identidades secretas? Quem nunca sonhou com um amor que fosse perfeito, completo e sustentasse a vida sobre os ombros? Quem nunca viu no humano herói sonhado, o amor que se deseja somado à segurança que existe em se arriscar junto com alguém?
O projeto PALAVRA AFIADA pensou nisso! Pensou, pois os conceitos de amor e de herói nos acompanham desde as primeiras reminiscências da infância. Acompanha-nos e, por isso mesmo, se modificam conosco, ao ponto de nos perguntarmos se nossos heróis são os mesmos de nossos pais, ou como é a nossa maneira de pensar e vivenciar o amor e as relações amorosas. Assim, surge o primeiro ciclo de nosso projeto, buscando refletir sobre a natureza do herói e o sentimento amoroso através dos tempos e das épocas literárias, através de um recorte que prima pelos momentos de transformação de modelos e de representação.
Nesta saga, acompanharemos o herói medieval, repleto de preceitos religiosos e de honra; passaremos ao herói romântico, herdeiro do medieval, mas renovado pelas aspirações sociais de seu tempo; em seguida o realista transitará entre o ideal e o dissimulado, alternando máscaras de acordo com suas necessidades e anseios; o herói modernista surge como um anti-herói, pautado por características diversas e muito contraditórias que evidenciam, quase sempre, um individualismo típico de sua época; por fim, os super-heróis dos quadrinhos, da TV e do cinema, com seus super-poderes e suas identidades secretas, prontos para se sacrificar até o fim pelo bem comum.
No rastro dos heróis sempre surgem grandes histórias de amor que refletem os comportamentos sociais de cada período, alinhavando, assim, um par referencial com o herói. Grandes histórias de amor que geraram guerras na antiguidade clássica, criaram casais imortais na história literária, produziram modelos do sentimento que até hoje discutimos. Noções que passam pelo casamento “arranjado” do romantismo oitocentista e chegam à revolução sexual e ao feminismo do século XX, que ajudaram a reverter lógicas seculares sobre as relações afetuosas entre os indivíduos.
Por fim, é a música que irá servir de fundo para os dois temas discutidos. Vale lembrar que literatura é ritmo, som e escrita e tal composição poderia muito bem ser utilizada para definir a arte da música. Presente na construção dos mitos heróicos e nas grandes histórias de amor, a música irá conduzir e conectar as pontas deste trabalho, arquitetando uma espécie de cenário para as experiências e apresentações a que o projeto se pretende.
Nosso primeiro passeio pela literatura terá a companhia de grandes temas, muitas ideias e toda a criatividade possível. Buscar a interação entre as novas mídias e tais conteúdos acadêmicos a partir do ponto de vista dos próprios alunos será o nosso objetivo, produzindo uma pesquisa séria, com fundamentação, porém de maneira descontraída de caráter experimental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário