terça-feira, 31 de maio de 2011

Aula 10 – Qual é o time? Qual é o time? ... Wildcats!!!!






Há uma semana ocorreu a primeira gincana organizada pelo grêmio estudantil. Quando pensamos neste tipo de evento é impossível não recordarmos de nossa época de colégio, de nossas histórias curiosas e de programas de TV que tanto reproduziram o modelo de competição entre escolas. Pois bem, as coisas ocorreram mesmo por aí, com as devidas restrições orçamentárias e sem as parafernálias e tortas na cara no estilo passa ou repassa. O evento contou com arrecadação de doações e livros; apresentações de dança (na verdade uma só); concurso de vídeos engraçados (só dois inscritos) e um campeonato de fustal inter-classes.
A participação dos alunos e dos professores, além da integração dos funcionários e coordenadores foi fundamental para o bom andamento do evento, com exceção  de um certo juiz improvisado que, digamos, errou a mão ao apitar um jogo e de um certo técnico-professor que resolveu lutar pelo seu time.



 Brincadeiras a parte, o fato é que a gincana foi um evento que abriga os sentimentos e desejos mais próximos do pensamento deste blog: a interação entre os setores e sujeitos participantes do processo de ensino-aprendizagem. É claro que entre o evento se preocupar com isto e tudo ter ocorrido desta forma há um abismo enorme, e o há por vários motivos que vão desde a ocupação do horário das aulas para um evento de caráter lúdico, até o planejamento e engajamento dos alunos de maneira mais atuante. Mas a primeira vez sempre funciona como experiência provocadora para a segunda e a terceira e a quarta e por aí vai. Certamente a gincana do grêmio estudantil do próximo ano/semestre será melhor. O que fico pensando e penso de verdade e se todos a encararão desta maneira. Ser sujeito em qualquer processo educacional exige, antes de qualquer coisa, o respeito do diálogo contínuo e do compreender os desejos e anseios do outro e em processos em que há sujeitos não pode haver níveis hierárquicos de controle.


Ficamos por aqui lembrando de uma implacável cena do passa ou repassa, aquela competição de escolas tão famosa ancorada por Gugu... Vejamos e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário