segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Semana de Planejamento: "Vamos voltar pro segundo tempo com mais garra e fazer o que o professor pediu..."


A semana de planejamento é um estágio preparatório para o semestre seguinte, período em que discutimos questões relevantes à prática docente, à burocracia e à administração da gestão escolar. Essa é uma definição categórica da semana da planejamento, mas, na verdade, ela serve para que possamos reencontrar os amigos, trocar ideias sobre as novas turmas, trocar materiais sobre conteúdos e experiências que já tivemos em outras oportunidades. Planejar vai muito além de simplesmente pôr no papel aquilo que pretendemos realizar durante o período letivo. Sei que tenho conteúdos e certo número de avaliações a realizar com minhas turmas, mas como cada etapa dessa irá acontecer dependerá sempre dos contatos iniciais com cada uma delas. Nada sobrevive a um sorriso mais extenso ou a apatia de um grupo de alunos diante de um pré-planejamento que não funcionou na sala. Eu planejo o básico e espero o que vem.
Nessa de esperar o que vem, nosso diretor geral nos presenteou com mais uma oportunidade de tornar nossas aulas mais dinâmicas e próximas da realidade de nossos alunos: ele instalou um datashow e um microcomputador em todas as salas de aula, eu disse todas. Com este material multimídia sempre ao alcance das mãos o desafio aumenta, já que o aluno desejoso de ter novas experiências de aprendizado em sala de aula irá cobrar mais do professor que ele saiba utilizar tais ferramentas, que tenha certa frequência em seu uso e ainda que o faça de maneira a tornar o conteúdo mais interessante. Eu que sempre fui um grande adepto das novas tecnologias durante as aulas estou com um frio na barriga de ansiedade e de receio. Será um semestre de superação. Tenho duas turmas de um período novo, o terceiro, e terei de trabalhar com conceitos e temas que não lido há pelo menos uns dois anos. É aquela coisa: a gente sabe o que é, como é, mas explicar e transmitir isso exige planejamento, ih, olha a palavra mágica desse post aí de novo. Mas me preparei e tenho certeza de que será um grande período em meio às ideias do Romantismo e os conceitos de classe de palavras.
Na outra ponta do iceberg está o módulo de literaturas africanas e afro-brasileira que ministrarei no Campus São Gonçalo do Instituto. Não será a primeira vez que darei um curso desse tipo, nem mesmo o publico será novidade em minha carreira acadêmica, mas será diferente. Minhas responsabilidades agora são outras, assim como meu conhecimento da disciplina, minhas leituras e opiniões. Estou pensando em um curso leve, mas com densidade acadêmica em que os participantes possam apreender as novidades sem se traumatizarem durante o processo. Além disso, pretendo focar mais nos texto literários para transformar a experiência crítica da turma em exercício de criação interpretativa. Sempre me assustou essa coisa de ler antes os textos críticos e teóricos para só depois mergulhar no texto literário, acho até que essa é uma das responsáveis pelo altíssimo número de plágios que encontramos nos trabalhos acadêmicos de hoje. Esta aventura terá uma coluna específica aqui no blog, sempre que possível e necessário for. Aguardem!
Para além disso, ainda temos a SEMATEC - SUL no mês de outubro e os leitores poderão acompanhar aqui o desenvolvimento do projeto "Ideologia, eu quero uma pra viver!" que pretende discutir porque a nova geração de jovens ainda se utiliza de ícones da década de oitenta trinta anos depois. E o projeto de extensão Palavra Afiada, que vocês vêm acompanhando por aqui desde o primeiro semestre, que irá ter sua culminância de ciclo próximo ao mês de outubro.
Depois de tantos dizeres e projetos que culminam neste segundo semestre cheio de atividades, desafios e ideias, basta acreditar que tudo vai acontecer da melhor maneira possível, que não vai haver greve e que as turmas novas terão o mesmo interesse e entusiasmo das turmas do semestre anterior, turmas que me fizeram confiar mais ainda na nossa profissão. Fiquemos ao som de uma banda que dispensa apresentações, uma banda que cheira a espírito adolescente...


Nenhum comentário:

Postar um comentário